Tecnologia 5G proporcionará incentivo para cidades inteligentes

Pesquisas em inteligência artificial, como as desenvolvidas na Faculdade do Grupo Etapa – ESEG, poderão ser beneficiadas

A implantação do 5G acontecerá até julho de 2022 nas capitais brasileiras, com previsão de, no mínimo, uma antena até 2029 nas cidades com menos de 30 mil habitantes. A nova geração proporciona uma velocidade acima da 4G em até 33 vezes para o acesso à internet. Esse fato impactará positivamente a sociedade, pois permitirá melhorias em diversos campos tecnológicos, como em inteligência artificial, ciência de dados, cidades inteligentes, entre outros.

“O 5G possibilitará novos projetos, justamente pela maior velocidade e transmissão estável. Além disso, mais aparelhos podem ficar conectados, o que aumenta a capacidade para implementação de Internet das Coisas (IoT). Esse fato já nos abre oportunidades para projetos e pesquisas em Inteligência Artificial”, afirma o professor mestre Marcel Dallaqua, coordenador do Núcleo de Inteligência Artificial da Faculdade do Grupo Etapa – ESEG.

A ESEG possui outros núcleos de pesquisa que possibilitam estudos entre áreas, ampliando o conhecimento e network dos estudantes. Os Núcleos de Criatividade Aplicada; Economia e Finanças; Empreendedorismo; Inteligência Artificial e Robótica; Logística; e Sustentabilidade estão abertos aos discentes de todos os cursos da Faculdade.

“Essa nova geração nos deixa com novas possibilidades para produtos e serviços, como resultado os estudantes de agora precisam se capacitar cada vez mais para conseguirem se adequar e entrar no mercado de trabalho que contará com novas e remodeladas áreas”, explica o coordenador-geral da Graduação da ESEG, professor mestre Marcelo D. Carvalho.

“Nossa matriz curricular já tem essa visão, por isso oferece disciplina voltada para Inteligência Artificial não só no curso de Engenharia de Computação, mas também em Administração, Ciências Econômicas, Direito e Engenharia de Produção”.