Cresce procura por outsourcing de notebook na Simpress

Movimento foi impulsionado pelo aumento de funcionários trabalhando em regime de home office

A Simpress, provedora de outsourcing de equipamentos e soluções, apresentou 500% de aumento na procura pelo outsourcing de notebooks pelas empresas nos dias 16 e 17 de março, em razão do Covit-19. Os colaboradores que utilizam desktops nas companhias estão precisando de notes para trabalhar em home office.

Em razão do coronavírus, empresas do mundo inteiro solicitaram aos seus funcionários que façam home office. O epicentro inicial da doença, causada pelo coronavírus, foi a China. O avanço se deu por vários países da Europa, Estados Unidos e, recentemente, América Latina. A Itália é o país mais afetado.

O Brasil começou a observar o avanço logo depois que a OMS declarou pandemia mundial. Em razão disso, muitas empresas determinaram que funcionários adotassem o regime home office.

Segundo Vittorio Danesi, CEO da Simpress, “Esse vírus, que infelizmente tem trazido tantas perdas ao mundo, gerou um aumento enorme na demanda de outsourcing, de ontem para hoje. Fechamos onze clientes com um total de 1000 notebooks e ainda fizemos propostas para mais 7 mil máquinas, em todo o Brasil. O nosso departamento comercial, que também está em home office, está a todo vapor”.