Localiza oferece 10 mil bolsas de TI para todo Brasil

Inscrições para curso básico de programação em .NET começam dia 20 de dezembro e podem ser realizadas por qualquer pessoa acima de 16 anos

 

Estão abertas até o dia 15 de janeiro de 2022 as inscrições para a última etapa do Programa #MeuFuturoÉTech da Localiza, que busca democratizar o acesso à formação de pessoas desenvolvedoras no Brasil. Serão distribuídas 10 mil bolsas gratuitas de programação da linguagem .NET. Para participar, é preciso ter no mínimo 16 anos de idade e não é exigida qualquer experiência na área. Para se candidatar, basta clicar aqui.

Com duração de aproximadamente dois meses, o curso conta com a mentoria de lideranças do Localiza Labs

O Programa, inaugurado em fevereiro de 2021, já beneficiou 20 mil pessoas em todo país com cursos gratuitos de programação. Aqueles que mais se destacarem na formação terão a oportunidade de trabalhar como desenvolvedores no Localiza Labs, laboratório de inovação e ciências de dados da Companhia, e farão parte de um banco de currículos para futuras contratações. O #MeuFuturoÉTech integra o Órbi Academy Techboost, iniciativa realizada pelo Órbi Conecta, startup de inovação, em parceria com Localiza, MRV e Banco Inter.

Esta é uma iniciativa de extrema importância social devido ao cenário econômico brasileiro, que amarga a 4ª maior taxa de desemprego do mundo, atingindo 13,7 milhões de trabalhadores. Por meio de uma trilha de conhecimento construída por profissionais de renome do mercado e aulas serão ministradas pela DIO, startup de formação de desenvolvedores, os alunos poderão se capacitar e tentar uma vaga no crescente mercado de tecnologia: um estudo da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e de Tecnologias Digitais (Brasscom) previu que esse setor demandará 70 mil desses profissionais por ano até 2024.

Com duração de aproximadamente dois meses, o curso conta com a mentoria de lideranças do Localiza Labs e terá início no dia 5 de janeiro, com uma live de abertura com André Petenussi, CTO da Localiza, e Matheus Americano, diretor de Engenharia da Companhia. Até 28 de fevereiro, serão realizadas ainda aulas sobre diversos temas relacionados à linguagem .NET, como “Programação orientada a objetos” e “SQL Server”.

“Com o #MeuFuturoÉTech aliamos nosso compromisso de ser uma empresa cidadã à nossa frente de atração de talentos. Nos orgulhamos de ser vetores de transformação na vida de milhares de pessoas que poderão se capacitar e experimentar a jornada incrível que é o mundo da tecnologia”, afirma André Petenussi, CTO da Localiza.

O Localiza Labs oferece uma experiência única ao disponibilizar um ambiente diverso, inclusivo, colaborativo e de alta criatividade aos seus colaboradores. Os seus mais de 900 profissionais têm a oportunidade de participar de diversos programas, como o we .Labs – que promove capacitações para desenvolvimento de carreira e encontros com grandes nomes do setor – e o E-LabSports, que busca criar os times oficiais do LocalizaLabs para treinos, jogos internos e competições externas de E-Sports, como FIFA, League of Legends, entre outros.

.NET – A engrenagem da programação

Muito conhecido no mundo da programação, é por meio do .NET (dot net) que são criados os famosos APIs, aplicativos responsáveis por capturar e transmitir os dados de um sistema. Na Localiza há 13 anos, o arquiteto de soluções Michael Costa trabalha com essa ferramenta desde 2001, quando ela foi criada. Ele se tornou programador na adolescência, quando acompanhava o trabalho do irmão, que também era profissional de tecnologia. “Eu costumo falar que o .NET é a programação que ninguém vê. Ela é muito plural e te permite construir sistemas para aplicativos, páginas de internet, celulares, softwares de computadores e muitos outros”, explica.

O .NET, por exemplo, é responsável grande parte das funcionalidades do aplicativo da Localiza, que foi recentemente atualizado pelo time do Localiza Labs. Todas as milhares de operações que ele recebe por dia – desde o cadastro de reservas, conferência do Programa de Fidelidade e até as notificações que os clientes recebem no celular – são realizadas por meio dessa linguagem. Francislaine Souza, gerente de Engenharia do laboratório, está há pouco mais de seis meses na Companhia e já participou de grandes iniciativas envolvendo essa plataforma.

“Dentre os projetos mais bacanas que já participei com .NET, destacaria a qualificação das soluções financeiras para pagamento de reservas, como cartões diversos e PIX, por exemplo, além da nossa nova plataforma da Localiza Seminovos”, conta.

Já o líder de Engenharia Carlos Braga, ou Cadu, como é conhecido pelo time do Labs, se identificou com o NET pela sua capacidade de mostrar os bastidores dos programas. “Ele é perfeito para quem é curioso e gosta de saber o que acontece por trás das aplicações”, explica. Para ele, que está na Companhia desde maio deste ano, com essa linguagem é possível ter uma visão ampla de como os processos funcionam e como eles contribuem para o sucesso do negócio. “É o .NET que faz os sistemas se comunicarem e toda operação acontecer”, conclui.

SERVIÇO

#MeuFuturoÉTech – Órbi Academy Techboost

Inscrições: 20/12/2021 a 15/01/2022

Público-alvo: Pessoas a partir de 16 anos

Site: Clique aqui